Blog Voltar para a home

Selecione os campos abaixo:

» Veja mais

Comportamento

Ansiedade de separação. O que é e como ajudar o seu cão?

A ansiedade de separação é uma alteração comportamental que causa alto nível de estresse no cão quando seu tutor vai sair.

Mudanças de comportamento como latido excessivo, uivos e choros quando o tutor está para sair. Quando o cão está sozinho faz suas necessidades nos lugares errados, morde objetos ou destrói almofadas, sofás entre outro. Lembrando que o cão destrói as coisas pois é a maneira que encontra para liberar o estresse gerado pela separação. Outros cães ficam apáticos e não comem e nem bebem água na ausência de seu tutor. Cada cão é único, por isso leve seu cão ao Médico Veterinário para verificar se o que ele tem realmente é ansiedade de separação e depois que o diagnóstico foi realmente dado comece o tratamento que em muitos casos será a mudança de hábitos do tutor para que o cão se sinta mais confortável e tranquilo com a saída do tutor.

Alguns exercícios para que você pratique com o seu cão irão ajudar muito com a ansiedade, em alguns casos a prescrição de medicamentos por Médicos Veterinários é necessária se o grau da ansiedade já estiver muito alto.

Modificações simples que irão ajudar o seu cão são: passeios, enriquecimento ambiental, brincadeiras e treinamentos para obediência.

Mudança de comportamento do tutor

O tutor deve dar apoio e ajudar o seu pet com a ansiedade. Por isso uma das primeiras mudanças é na forma que o tutor age quando chegar em casa, não faça festa e pegue e abrace o cão pois isso será um reforço positivo para a ansiedade dele.

Quando chegar em casa e o cão estiver agitado e eufórico fazendo uma grande festa aguarde o cão se acalmar e depois que estiver mais calmo pode dar atenção para ele. Sim pode parecer ruim, mas é para o bem do seu pet essa mudança de comportamento.

Diversas coisas que você faz podem ser a chave para despertar a ansiedade no cão. Então observe o que você faz, que o deixa agitado como colocar os sapatos, pegar a bolsa ou a mochila e comece a andar pela casa com esses objetos sem sair de casa, para que ele se acostume e a ansiedade diminua. O mesmo é válido para barulhos como de chaves.

O enriquecimento ambiental também ajudará o seu cão a se entreter e aproveitar o tempo em que estiver sozinho. Os brinquedos irão estimular a mente do cão e não deixar ele entediado, os brinquedos em que você esconde rações ou petiscos são ótimos para incentivar a brincadeira.

Passear com o cão ou brincar para que ele gaste energia antes de você sair também irão ajudar ele ficar mais calmo e talvez dormir depois que você saia.

Isso trará mais qualidade de vida para o cão e também para o seu tutor. Se precisar conte com a ajuda de profissionais em adestramento e sempre utilize os reforços positivos.