Blog Voltar para a home

Selecione os campos abaixo:

» Veja mais

Comportamento

Convívio entre cães e gatos é possível

Convívio de cães e gatos é possível, mas é preciso muito treino e paciência até que se adaptem aos novos moradores. São duas espécies distintas com necessidades e personalidades diferentes, mas realizando uma introdução do novo animal na casa com paciência é possível o bom convívio entre ambas.

Quando são filhotes a adaptam fica mais fácil pois ambos estão conhecendo o mundo ao seu redor, sua nova casa, novos objetos, sons entre outros. Mas não se preocupe pois é possível realizar a integração de cães e gatos já na fase adulta e tudo feito com muito cuidado, paciência e dedicação que um breve espaço de tempo ambos já estarão convivendo bem.

É importante que cada um tenha seu espaço pois as necessidades deles são diferentes em alguns pontos. O espaço vertical para o gato e o lugar onde ficará a caixinha dele longe de onde será feito o espaço para o cão com o tapete higiênico. Ambos precisando de uma saída de fuga como corredores para cães e espaços na vertical para gatos.

Para que essa relação seja harmônica você vai aos poucos acostumar o cão a presença do gato, através de reforços positivos com petiscos, brincadeiras e carinho você irá aos poucos aproximando ambos. É importante que o gato esteja na caixa de transporte para que o cão não o ataque e machuque. Desvie a atenção do cão na presença do gato assim ele irá se acostumando primeiro com o cheiro do gato. Realize diversos exercícios aos poucos conforme o cão vai acostumando você coloca o cão mais perto do gato sempre com a proteção da caixa de transporte. Quando ele estiver acostumado com a presença do gato passei com ele pelo ambiente onde o gato está e continue a reforçar o bom comportamento.

Os gatos podem ser medrosos e no caso de um cão chegar em sua casa a primeira coisa que irão fazer é se esconder. Tudo deve ser feito no tempo dos animais. Contratar um profissional em comportamento animal para te auxiliar nesse momento é importante para que corra tudo bem durante o processo.

Dar a alimentação no mesmo ambiente para que se acostumem com a presença do outro sempre de frente um para outro e se possível o gato em um local elevado é outro exercício para que eles se adaptem um ao outro.

O treino pode durar mais de um mês por isso é muito importante ter paciência e treinar com muita persistente. O esforço valerá, muito pois você poderá ficar mais tranquilo ao estar com todos os pets juntos. Um ponto importante é que quando você sair durante esse período é manter os animais em ambientes separados, prepare um quarto ou espaço de outro ambiente para o gato com prateleiras verticais, água, comida e a caixinha de área para que ele fique confortável e relaxado quando você estiver fora e o cão fica com outro ambiente como a sala.

Quando estiver em casa novamente continue o treino, que deve ser realizado todos os dias até que se acostumem. Sempre observe o comportamento do animal pois a linguagem corporal deles pode dizer muito do que poderão fazer e você poderá evitar possíveis conflitos. Mesmo depois que ambos estejam convivendo juntos sempre mantenha a observação quando ambos estiverem no mesmo lugar e respeite o espaço de cada um.