Blog Voltar para a home

Selecione os campos abaixo:

» Veja mais

Cuidados

Troca de ração dos pets

Sempre queremos o melhor para quem amamos e a alimentação dos nossos pets reflete isso. Uma nutrição balanceada com os nutrientes necessários ao porte e idade para ajudar a manter uma boa saúde do seu animal é fundamental. 

Diferentemente dos humanos, os animais comem a mesma comida todos os dias, por isso é importante oferecer um alimento rico em nutrientes e palatabilidade.

Mas e quando o alimento atual não está suprindo as necessidades do seu pet?

Bom, antes de mais nada você deve procurar um Médico Veterinário de sua confiança. Mas se a solução for de fato a troca do alimento, fique atento porque existem algumas maneiras de você tornar a transição menos traumática para seu animal. 

TROCA GRADATIVA

É recomendado que você realize a troca gradativa, principalmente se estiver migrando de um produto de baixa concentração de proteína para um Super Premium, com maior quantidade de proteína. Uma troca brusca pode causar diarreia, fezes amolecidas e vômitos. 

PROPORÇÃO DE TROCA

Inicie a troca oferecendo 25% da nova ração e 75% da antiga e aumente a porção em 10% ao dia até chegar a 100% da porção. Ou seja. No primeiro dia você vai dar 25% do novo alimento e 75% do antigo, no dia seguinte, 35% e apenas 65% do antigo e assim consequentemente. Isso vale para quando houver troca por preferência de marca e até mesmo para troca de ração filhote para linha adulto.



GATOS

Para os gatos essa transição pode ser um pouco mais devagar, mas na mesma proporção. É importante que você observe se ele realmente está comendo e se está aceitando a troca de ração. Gatos podem ser um pouco mais resistentes às mudanças.

PETS COM IDADE AVANÇADA

Quando o cão já está adulto e você irá trocar a ração de adulto para sênior da mesma marca não é necessário realizar essa transição, mas lembrando que isso só pode ser feito apenas se for a mesma marca.

Realizada a troca,  pronto! O pet comerá apenas a ração nova. Verifique a quantidade correta em gramas de acordo com porte e peso no manual de uso, no verso da embalagem. Divida essa quantidade em duas ou três refeições por dia para que tenha uma alimentação mais balanceada.

Se o cão e o gato não quiser ou parar de comer a ração você deve levar imediatamente o animal ao Médico Veterinário.